10 tendências para o mundo pós-pandemia

1. Revisão de crenças e valores

A crise de saúde pública é definida por alguns especialistas como um reset. Uma espécie de um divisor de águas capaz de provocar mudanças profundas no comportamento das pessoas.

2. Menos é mais

A crise financeira decorrente da pandemia por si só será um motivo para que as pessoas economizem mais e revejam seus hábitos de consumo. “Consumir por consumir” vai sair de moda.

3. Reconfiguração dos espaços de comércio

Os cuidados com a saúde e o bem-estar, que estarão em alta, devem se estender aos locais públicos, especialmente os fechados, pois o receio de aglomerações deve permanecer.

4. Novos modelos de negócios para restaurantes

Os serviços de entrega devem prosseguir, talvez até se constituam na principal fonte de receitas de muitos restaurantes.

5. Experiências culturais imersivas

Shows e espetáculos online, tours culturais virtuais, essas experiências em época de isolamento social devem crescer no gosto popular.

6. Trabalho remoto

O home office já era uma realidade para muita gente, agora vai ganhar força e será institucionalizado.

7. Morar perto do trabalho

Também uma tendência que já vinha crescendo agora torna-se objeto de desejo de muitos.

8. Shopstreaming

Pense em uma versão instagram antigo Shop Time. É provável que assistiremos isso em breve, um desfile organizado de produtos à venda por algum canal online.

9. Busca por novos conhecimentos

Atualizar seus conhecimentos será questão de sobrevivência no mercado cada vez mais competitivo. O segredo estará em também se encontrar prazer nessa busca de aprendizados.

10. Educação à distância

Se já vinha crescendo em todo mundo, essa modalidade de ensino agora se consolida de vez. Não apenas vai se expandir como vai avançar em métodos e recursos didáticos.

(Fonte: El País – Clayton Melo, analista de tendências em A Vida no Centro)

Deixe uma resposta

Fale com a gente!