BC eleva taxa Selic de 2,75% para 3,50% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, elevou, nesta quarta-feira (05/05), a taxa básica da economia (Selic), de 2,75% para 3,50% ao ano.

(Correio) – Para a próxima reunião, prevista para os dias 15 e 16 de junho, Comitê sinalizou que vai manter o ritmo de alta da Selic, pois informou no comunicado que “antevê a continuação do processo de normalização parcial do estímulo monetário com outro ajuste da mesma magnitude”. “O Copom ressalta que essa visão continuará dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação”, destacou a nota da autoridade monetária.

A alta de 0,75 ponto percentual na taxa básica era esperada pelo mercado e dá continuidade ao novo ciclo de alta dos juros básicos iniciado na última reunião do colegiado, em 17 de março. Pelas projeções dos analistas, a Selic deve encerrar 2021 em 5,50% ao ano, conforme dados do boletim Focus, do BC. Há quatro semanas, as previsões estavam em 5%.

No comunicado, o Comitê reiterou a necessidade de o governo persistir na agenda de reformas e ajustes necessários na economia brasileira. Segundo a nota, isso é essencial para permitir a recuperação sustentável da economia. “O Comitê ressalta, ainda, que questionamentos sobre a continuidade das reformas e alterações de caráter permanente no processo de ajuste das contas públicas podem elevar a taxa de juros estrutural da economia”, acrescentou.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!