Brasília registra deflação recorde em 17 anos: pandemia baixou os preços

 

Levantamento do IBGE mostra que, em maio,

Brasília registrou queda nos preços mais acentuada desde 2003

(Correio Braziliense) – O Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que,, no mês de maio Brasília registrou deflação de 0,66%. Esta é a maior queda dos últimos 17 anos, desde junho de 2003, quando houve reajuste de -0,83%.

O estudo, também conhecido como prévia da inflação, indica que a capital brasiliense ficou à frente da média nacional, que teve queda de 0,59%. A razão para o deságio ocorreu em função da grande oscilação negativa apresentada pelo setor de transporte, com queda de 4,28%, assim como nos combustíveis, que perdeu quase um décimo do valor, foram -9,23%.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!