Dispara venda de imóveis de luxo

(LinkedIn) – Dados do Secovi/SP mostram que a pandemia, somada a juros baixos e a disparada do dólar provocaram um aquecimento geral do mercado imobiliário – sobretudo para compra de imóveis de alto padrão e de luxo.

Entre setembro de 2020 e fevereiro de 2021, quantidade de imóveis novos vendidos em São Paulo cresceu, em média, 14,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os maiores avanços registrados foram de imóveis acima de R$ 1,5 milhão, praticamente o dobro de vendas comparado ao ano passado.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!