Medidas Tributárias

O Ministério da Economia anunciou (quarta-feira, dia 1o.) medidas na área tributária, como o diferimento de tributos federais, no caso, as contribuições ao PIS, PASEP e Cofins, incidentes sobre receitas, e ainda a contribuição previdenciária patronal que incide sobre a folha de pessoal.

*** As quatro contribuições que seriam devidas em abril e maio poderão ser pagas em agosto e outubro.

Além disso, a alíquota do IOF que incide sobre operações de crédito, será zerada por 90 dias, o que reduz o custo do crédito.

 

Tem que lutar para sobreviver

 

Entrevista do economista Sérgio Dias na TV Brasil

“Sempre que ocorre uma crise, as pessoas saem fortalecidas e com novos hábitos, que, posteriormente, podem se tornar vantagem competitiva para o negócio”.

 

“Nessa hora as empresas se dividem entre  as que tem competência para lidar com a situação adversa e usam estratégias criativas e inovativas para superar a crise  e as que simplesmente não podem ou não conseguem se”  posicionar para agir eficazmente. Estas vão sofrer mais…”

 

“Eu só peço aos empresários que não entrem em pânico”. 

 

“Nessa hora tem que ter discernimento, tem que ter calma, tem que ter paciência e tentar olhar qual é a janela de oportunidade que ele vê nessa crise para melhorar ou para continuar vendendo ou para continuar no mercado. É importante isso”. 

 

“Não pode sentar e chorar”. 

Deixe uma resposta

Fale com a gente!