Processos por “calote” na recisão já somam R$ 1 bilhão

(LinkedIn) – Em meio à crise do novo coronavírus, a falta de pagamento de verbas rescisórias em demissões já levou quase 21 mil brasileiros à Justiça do Trabalho. O dado é do “Termômetro Covid-19 na Justiça do Trabalho”, monitoramento conduzido pela Datalawyer com o site Consultor Jurídico e a FinteLab. Segundo a pesquisa, processos ligados a “calotes” na rescisão já somam R$ 1 bilhão. Nas ações constam cobranças por indenizações como aviso prévio, multa de 40% sobre o FGTS, férias e 13. proporcionais. Os setores mais processados são indústrias, bancos e financeiras, e comércio.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!