“Sair ou não sair de casa, eis a questão”, diria Shakespeare se vivo estivesse

(6Minutos) – Ao que tudo indica, a pandemia veio para ficar, e o novo normal é bem diferente da vida a qual estávamos acostumados. Com a reabertura gradual da economia, e com o cansaço provocado pelo longo período de isolamento social, o brasileiro se questiona – com razão! – como equilibrar responsabilidade e segurança com a necessidade de seguir a vida.

Mas, afinal, o que pode e o que não pode ser feito daqui para frente? Com na opinião de especialistas, o 6 Minutos preparou um guia para você decidir quando e como encarar o mundo lá fora.

Abraçar – não pode. Contatos muito próximos ainda são arriscados.

Viajar de avião – só quando for mesmo necessário. Se precisar viajar, use duas máscaras.

Encontrar os amigos – pode, se for com uma distância equivalente a dois braços pelo menos. Usando máscara, claro, sempre.

Ar condicionado ou janela aberta – Janela aberta e ar livre. Ventilação natural é importante.

Cuidados ao voltar para casa – sapatos devem ficar do lado de fora da porta. As roupas precisam e devem ir direto para a lavanderia.

Cuidado – o risco de contágio é cumulativo. Quanto mais se expõe, maior a chance de contágio.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!