Selic caiu, e daí?

6 Minutos

O Comite de Política Monetária do Banco Central cortou a taxa básica de juros da economia, a Selic, para 3% ao ano. Com isso, o Brasil passou a ter um juro real bem próximo de zero. Mesmo assim, os juros reais do país ainda estão entre os maiores do mundo, segundo ranking da Infinity Asset Management.

De acordo com cálculo do economista chefe da Infinity, Jason Vieira, o Brasil ficou em oitavo lugar em uma lista de 40 países, com um juro real de 0,26%. Apenas um país emergente, a Rússia, supera o Brasil nesse ranking – todos os outros possuem juros reais negativos.

O que isso significa na prática? Um dos efeitos imediatos é sobre a rentabilidade dos investimentos em renda fixa, que minguará ainda mais. Outra consequência é a pressão sobre o dólar, que já se valorizou 42% no ano, atingindo a máxima de R$ 5,70. Ou seja, o novo normal da moeda americana deve ficar mais perto de R$ 6 do que de R$ 5.

Por fim, juro baixo deveria significar barateamento de crédito. Mas dado o tamanho da crise econômica provocada pela quarentena, há dúvidas sobre o limite da política monetária.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!