Sob pressão da crise, bancos cortam juro do cartão

(6 Minutos) – Em meio à pandemia, os bancos sofrem com a pressão de projetos que tramitam no Congresso tentando limitar taxas de juros e até aumentar impostos cobrados do setor. Uma espécie de resposta antecipada a esse clima já foi dada: as instituições financeiras reduziram com força as taxas do cartão de crédito ao longo da crise.

Dados do Banco Central pesquisados pelo 6 Minutos mostram que em alguns casos, a taxas cobradas em fevereiro eram mais do que o dobro das do início de maio, último dado disponível.

Os cortes mais expressivos foram feitos pela Caixa e pelo Santander, mas Bradesco e Itaú também reduziram os juros do cartão parcelado e até do rotativo, que é a modalidade em que o consumidor joga para a frente parte do pagamento da fatura.

 

Deixe uma resposta

Fale com a gente!