STJ dá prisão domiciliar a Queiroz, mas nega a jovem que furtou xampu

Por Mônica Bergamo

(Folha SP) – O Superior Tribunal de Justiça (STJ), que concedeu ontem, 9, prisão domiciliar para Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flavio Bolsonaro, por causa da Covid-19, já negou o mesmo benefício para o preso acusado de furtar dois xampus de R$ 10 cada. Também o STF negou ao mesmo jovem pedido de Habeas Corpus,

 

 

Deixe uma resposta

Fale com a gente!