União espera negociar R$ 56 bilhões em dívidas com novo parcelamento

(Jota) – A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) espera negociar R$ 56 bilhões em dívidas por meio da transação excepcional feita em função dos efeitos da pandemia do coronavírus. A ideia, segundo informou a procuradoria em coletiva realizada ontem, quarta-feira, é arrecadar R$ 8,2 bilhões até o fim de 2023.

“Quero destacar que a transação tributária não é Refis. A transação tributária é um instrumento muito mais refinado do que o Refis. O Refis concede benefício linear e não consegue atender a especificidade de cada contribuinte. A transação tem um viés mais refinado, no sentido de avaliar a situação dos constribuintes”, explicou o procurador-geral fa Fazenda Nacional, Ricardo Soriano de Alencar.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!