Não vai ter prova: pandemia muda avaliação de alunos da rede pública do DF

(Metrópoles) – As aulas a distância para os alunos da rede pública do DF começam em 10 dias com uma novidade no modelo de avaliação: os estudantes não serão submetidos a provas, aquelas tradicionais e aplicadas pelos professores em sala de aula.

Com a nova plataforma de ensino pela televisão e computador, os 459.109 alunos matriculados terão de mostrar o conhecimento adquirido a partir de tarefas. Elas devem ser apresentadas no período determinado pelos docentes.

Deixe uma resposta

Fale com a gente!